quarta-feira, 13 de junho de 2012

Escola do pão – Rio de Janeiro

 


Quem acompanha este blog sabe minha paixão pelos cafés-da-manhã tomados em lugares fora de casa.
 
Já contamos do café do Le pain du Lapin, Parque Lage, Da Casa da TatáLa bicyclete e Confeitaria Colombo do Forte de Copacabana. Todos concorridíssimos e maravilhosos.
 
Na verdade na minha lista de desejos, faltava apenas um: O café-da-manhã da Escola do pão.


Estávamos adiando nossa ida lá tempos. Primeiro por conta do preço, R$65,00 por pessoa pelo menu degustação (mais os 10% de serviço) e, segundo por conta de uma tentativa fracassada  de  dieta.
 
Mas isso estava me consumindo demais. Não ter experimentado um dos melhores cafés da manhã da cidade não saia da minha cabeça.
 
Espertamente lembrei que o próximo dia 12 se comemora o dia dos namorados e, como é um dia de semana (trabalhamos e estudamos) e os lugares ficam impraticavelmente cheios, resolvemos antecipar e usar como desculpa para correr para a Escola do Pão.
 
Chegamos ao local por volta de 11h e estava bem cheio, mas logo conseguimos uma mesa.


 
O garçom gentilmente nos explicou como funcionava o serviço da casa e já começou a nos servir.
 
 
Os primeiros a chegar à mesa foram os sucos de laranja e folheados com maçã, canela e açúcar.
 
 
 
Na seqüência Milk shake de iogurte e frutas tropicais, curau de milho,
 

e creme de mamão e granola. Todos deliciosos.
 
 
Para nossa surpresa a simpática Chef Clécia Casagrande veio nos oferecer biscoitinho mentirinha (ou língua de gato) com geléia de damasco. Aceitamos o biscoito na mesma hora e ali começou uma gostosa conversa.
 
 
A esta altura já havia chegado à mesa os ovos mexidos, a  cestinha de pães, sanduichinhosgeléias de goiaba e uva, creme cottage temperado, manteiga, e o gratin de queijo.

 
 
 
Vendo a nossa aflição sem saber por onde começar a devorar aquelas gostosuras ela nos deu uma sugestão. Pegou um baguetinho mergulhou no gratin de queijo e ainda acrescentou: É assim que se come aqui, com simplicidade. Fiquem à vontade!  Fofo não?
 
 
A partir daí começamos nossa farra gastronômica com vontade. Enquanto o marido ia nos baguetes eu ia nos sanduichinhos. Depois revezamos.
 
 
Olha, ficamos muitos surpresos com a textura dos pães da escola. Eram muito leves e desmanchavam na boca. Dignos das boulangeries parisienses.
 
Agora entendo perfeitamente quando dizem que a Escola do Pão tem o melhor pão da cidade. Não desmerecendo as outras casas que visitei, mas os pães da escola do pão são muito superiores e ponto.
 
Novamente a Clécia voltou à nossa mesa e explicou que tudo o que estávamos comendo ali era natural. Nada levava conservantes, corantes, nenhum tipo de aditivo. Os pães são feitos inclusive com água mineral. E que, para eles, o pão é o alimento para o corpo e para alma. Nem preciso falar que o marido-orgânico ficou louco né?
 
 
Logo vieram as bebidas quentes. O marido optou por chocolate quente e eu por um cappuccino que foi logo trocado por café com leite.
 
Devo dizer que este foi o ponto fraco. As bebidas quentes eram muito inferiores às comidas servidas. Meu cappuccino estava horrível, era daqueles de máquina sabe? Super aguado com uma espuma de leite rala. Intragável. Solicitei a troca pelo café com leite então melhorou um pouco, mas o café também deixou a desejar. Segundo o marido, o chocolate quente também não o convenceu.
 
Continuando a comilança chegaram à mesa os mini-doces: Bruschetta de banana e gergelim, rosquinha com creme de baunilha, waffle em forma de coração que comemos com as geléias e madaleine. Todos aplaudidos com louvor e com pedidos de Bis.
 
 
Para fechar com chave de ouro chegaram os bolinhos da nonna. Bolinho de laranja e chocolate recheados com cremes dos mesmos sabores que desmanchavam na boca.
 
 
Nossas impressões: O lugar é muito agradável, toda equipe está de parabéns! Fomos muito bem atendidos! Deu gosto pagar os 10% do serviço.
 
Ao falar da comida eu estaria sendo repetitiva, então só digo que estava tudo muito maravilhoso e valeu cada centavo gasto apesar da bebida não estar a altura.
 
Saímos de lá encantados e com a certeza que voltaremos diversas vezes.
 
E agora com minha lista completa preciso descobrir novos locais incríveis onde sirvam cafés da manhã deliciosos.
 
Você pode me ajudar?  Deixe sua opinião.

Rua General Garzon, 10
Lagoa . Rio de Janeiro
cep . 22470 - 010
tel (21) . 2294-0027
tel (21) . 3205-7275

7 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Dani
      Acabei atualizar o port e coloquei o endereço

      bjs

      Excluir
  2. Concordo plenamente com seus comentários Dani!
    Quando fui lá no ano passado cheguei às 9h. Fomos as primeiras a chegar e com isso nos serviram muito bem. Fica a dica! bjs

    ResponderExcluir
  3. Olha, recomendo muitíssimo o café da manhã no Mil Frutas Café de Ipanema (Rua Garcia D´Avila). Você vai achar que sou louca em sugerir café da manhã numa sorveteria mas vá e com(prove) com os seus próprios olhos. Ou seria boca?

    Abraços e boa sorte!
    :)

    ResponderExcluir
  4. Cris
    Dica anotadissima! Falou sorveteria o marido se animou bjs e obrigada

    ResponderExcluir

Booking.com
Pin It button on image hover