sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Santé – Santa Teresa – Rio de Janeiro

Meu namoro com o bairro Santa Teresa já dura mais de 6 anos.
Moro no bairro vizinho e vou lá semanalmente pois minhas aulas de inglês acontecem no bairro.
Aprecio demais  a arquitetura, o clima de interior, as vistas e os bares/restaurantes do bairro.
Sempre que posso almoço por lá e um dia desses estava pensando: “falta em Santa Teresa algum lugar legal para tomar café da manhã”.
Na sexta feira dia 24/08/12 abri o caderno Rio Show do jornal O Globo e estava lá, uma reportagem inteirinha sobre os novos bares e restaurantes de Santa Teresa e dentre eles nada mais que 5 que servem café da manhã. Eram: Santé, Casa do Barista, Café das Ruínas, Café do Alto, e Cafecito.
Naquele momento o restaurante que mais me chamou atenção foi o Santé. Resolvi pesquisar mais sobre o assunto e descobri que o casarão onde o Santé está instalado é um velho conhecido meu. No passado fui a várias festas no local. A vista do imóvel é indiscutivelmente maravilhosa e o lugar acolhedor. Só restava saber como seria a comida.
No domingo posterior à tal reportagem, resolvemos conferir.
P8262613

Era um lindo domingo de sol e escolhemos experimentar o brunch da casa que é servido entre 9h e 14h.
Para quem não sabe, brunch é a palavra americana que mistura breakfast (café-da-manhã) e lunch (almoço).
Chegamos por volta de 10:30h e conseguimos a melhor mesa do lugar, na varanda e de cara para Pão de Açúcar.
P8262618

O sistema da casa é o seguinte: eles oferecem três opções de brunch ou podemos montar o nosso próprio café da manhã com itens do cardápio separadamente.
Geralmente, cada opção serve duas pessoas, tendo apenas que pedir um café e um suco para completar.
As opções são essas.
Brasileiro (R$36): frutas; suco; frios; café ou café com leite; cesta de pães; potinhos: requeijão light, cream cheese, manteiga e mel.
Good Morning (R$41): frutas; suco; frios; café ou café com leite; cesta de pães; potinhos: requeijão light, cream cheese, manteiga e mel; bolos; waffle; cereal e iogurte.
Santè (R$49): frutas; suco; frios; café ou café com leite; cesta de pães; potinhos: requeijão light, cream cheese, manteiga e mel; bolos; waffle; cereal e iogurte e opções de ovos: Eggs Benedict com brioche e salmão curado ou ovos mexidos aromatizados com trufas ou omeletes (consultar sugestões dos chefs).
Como cortesia da casa um drink Mimosa (champanhe com suco de laranja).
Pedimos um Santè para duas pessoas. O marido ficou com o suco e eu com o café com leite e escolhemos os Eggs Benedict. Temos que admitir que a opção Santé é uma senhora refeição matinal.
E como foi cada item?
Café com leite ou bebida quente: Depois que fizemos nossos pedidos o restaurante começou a lotar. Acho que não estavam preparados para isso.
Enquanto colocavam na mesa as porções do nosso pedido fomos informados que o café havia acabado e que eu devia esperar um pouco pois eles iriam fazem um fresquinho.
Opa, pensei, melhor para mim. Mas infelizmente esse “café fresco” levou mais de 25 minutos para ficar pronto. Tempo suficiente para todo mundo ter praticamente terminado a refeição.
Gente, café da manhã para mim sem café (quente) não existe! Uma falha muito feia da casa. Um café não leva mais que 10 minutos para ficar pronto, e não adianta dizer que tem que esquentar a máquina e tal pois não era café expresso, era café normal mesmo (#revolt).
Mas continuando…
P8262636

Os bolos estavam deliciosos. O bolo de chocolate desmanchava na boca.
Os sucos podiam ser escolhidos entre laranja e abacaxi.
P8262646

O iogurte parecia ser caseiro e vinha acompanhado de granola. Uma delícia!
P8262637

As frutas e geleias estavam frescas e o requeijão light, cream cheese, manteiga e mel atenderam bem ao que se proporão.
P8262641

A porção de frios continha 2 fatias de queijo  bola, 2 fatias de peito de Peru e alguns pedacinhos de queijo minas. Achei a quantidade de queijo minas mixuruca.
P8262644

Na cesta de pães vinha baguete, croissant, brioche e ciabatta. Infelizmente foi outro item que deixou a desejar.
Os pães estavam frescos, no entanto, faltou um pouco mais de cuidado com eles.
Poderiam ter chegado à mesa quentinhos. Sei que a logística da coisa não é tão fácil quando o local não se trata de uma padaria, mas uma torradeira em cada mesa, como já acontece no La Bicyclete resolveria o problema. #Ficaadica
.
P8262647

A estrela do dia sem dúvida foi o Eggs Benedict com salmão.
Eggs Benedict é um prato americano (acho) que tradicionalmente consiste de duas metades de um muffin Inglês, coberto com presunto ou bacon, ovos pochê e molho holandês.
Existem várias variações deste prato e cada chef incrementa como sua criatividade manda.
O nosso tinha salmão defumado e estava realmente simples e delicioso.
A mimosa de laranja prometida pela casa não chegou e eu, depois de tanto comer, esqueci totalmente dela.
Já ia me esquecendo de outra grande estrela do brunch: O Waffle. Ele chegou por último mas fez entrada triunfal e quase foi disputado a tapa pelos presentes. Chegou quentinho, macio e em 1 minuto (pluf!) sumiu (sem fotos). Pedimos outro porque um só para duas pessoas foi pouco, muito pouco. Ponto para casa.
Avaliação:  apesar de algumas falhas eu recomendo o brunch no Santé.
Além do lugar ser agradabilíssimo, existe um custo-benefício. É barato se comparado aos outros cafés da cidade e a refeição é farta.
No entanto para o melhor proveito da refeição é melhor ter alguns cuidados:
- Pedir para a bebida quente chegar à mesa junto com os outros pratos, ou pouco tempo depois do suco por exemplo.
- Pedir para deixar o Eggs Benedict para o final, ou seja, sem risco dele ficar ali esfriando enquanto você devora suas frutas, iogurte, pães e bolos.
- Ver com a casa se há possibilidade de aquecer os pães.
Sendo assim vá pela casa, pelo clima, pelo eggs Benedict.
Ah e não esqueça de provar a mimosa de laranja para depois vir aqui me contar tá?
abraços e até o próximo post
Santé
Rua Hermenegildo de Barros 193, Santa Teresa
Rotas: Suba pela Rua Candido Mendes na Glória, vire a primeira rua à direita e continue subindo até o final. Lá em cima vire à esquerda. Você já estará na Rua Hermenegildo de Barros.
Ou
Suba pela Lapa e quando chegar no Largo do Curvelo (aquele que tem uma parada do bonde com telhadinho) vire a esquerda e siga sempre em frente até começar a descer. Você já estará na Rua Hermenegildo de Barros.

6 comentários:

  1. Me ajudem a conhecer Sta Teresa. Moro no RJ desde q nasci, há 68 anos e não conheço esse bairrp c/lindas paisagens. Estou no Google procurando excursões e não consigo achar. Quero poder ir neste bar, mas tb fazer uma excursão a este bairro q quero descobrir mto. Me ajudem. Email - suelydias17@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Suely

    Para ir a Santa não precisa excursão. Basta você pegar um micro ônibus bem no Largo da Carioca aqui no Centro do Rio e passear pelo bairro a pé.
    Peça para descer no Largo do Curvelo e vá visitar o parque das Ruínas onde tem uma bela vista da cidade.
    Depois caminhe até o Largo dos Guimarães e se delicie com os bares e restaurantes.
    Se quiser ainda dê uma esticada no Largo das Neves. De lá pegue o ônibus de volta ao ponto inicial.
    Espero ter ajudado
    Dani Bispo

    ResponderExcluir
  3. Este restaurante está em péssimas condições. O proprietario Sr Marcelo desrespeita seus clientes. Meu irmão marcou casamento neste local e descobriu que o estabelecimento estava a venda (anuncios na OLX e Bomnegocio), e com processo de despejo, e em má situação. Ao tentar reaver o valor do sinal pago, o Sr Marcelo simplesmente debochou dele e o maltratou. Hoje o caso está na justiça. Fiquem de olho aberto para não virarem a próxima vítima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Gustavo?
      Esse post é antigo. Nunca mais voltei ao local então não sei nem se o restaurante existe mais.

      Excluir
  4. Felizmente, há espaço para a defesa, neste site. Se o motivo da contratante para desfazer o contrato fosse a preocupação que mencionou, seria compreensível, mas não a solução pretendida. Nenhum contratante ficou descontente ou deixou de ser atendido. A reclamante contratou o espaço SANTÉ com locação para a data escolhida e os serviços de gastronomia que poderão ser cumpridos com naturalidade, uma vez que, ainda, não decorreu o prazo contratual.

    A VERDADE: A contratada quis, simplesmente, desfazer o negócio. Foi-lhe dito que, para a devolução integral do valor pago, necessária a locação da data para outro interessado. Depois disso, a reclamante, viu anúncio de venda do SANTÉ e da ação noticiada o que foi suficiente para mudar a justificativa anterior “preocupação quando à realização do evento”. O pior: pediu que um amigo se mostrasse interessado na data que havia sido contratada, à qual pretendia desistir. Sabendo-se do interesse na desistência, foi confirmada a disponibilidade para o falso pedido, certo de que poderiam atender ao desejo da reclamante. Na visita ao imóvel, estavam presentes a reclamante, seu amigo e outras pessoas para montar situação de constrangimento, sem necessidade. De imediato foi informado, ao falso pedido, que a data permanecia ocupada. Assim, se reclamante cumprir as demais etapas, terá o evento, conforme ajuste contratual.

    Cumpre esclarecer os fatos que a reclamante relatou. O SANTÉ tinha três sócios. A responsabilidade pela gastronomia sempre foi do Chef Castiglia com reconhecimento expressivo quanto à qualidade de seu trabalho em várias reportagens, inclusive, na VEJA RIO. Cumpria aos demais, o marketing e a administração. Dois problemas surgiram para a empresa no ano passado: PRIMEIRO PROBLEMA: Incêndio no imóvel do andar superior com queima parcial do teto do SANTÉ obrigando-o a fechar por oito (8) meses, sem qualquer receita. Necessitando aporte de capital, houve desinteresse dos sócios de permanecer no negócio. Sem a aprovação do Chef Castiglia foi anunciado o SANTÉ, à venda, para definir o valor de mercado. A situação se resolveu ficando o Chef Castiglia sozinho no negócio. SEGUNDO PROBLEMA: Vazamentos internos de água, nas paredes e problemas com teto da varanda e no piso. O imóvel é lindo, mas antigo, sendo de responsabilidade do proprietário a solução. A falta de reparo criava dificuldade para seu perfeito funcionamento. Isto justificou a cessação parcial dos pagamentos do aluguel, sem risco de cessação das atividades com solução pela via jurídica, o que justificou a ação noticiada. Agora, as obras estão em curso, como solução para o impasse.
    O SANTÉ está terminando sua reforma e, em poucos dias, estará apto a atender seus clientes para casamentos, festas e outras reuniões no local mais aprazível de Santa Teresa, com excelente gastronomia e atendimento diferenciado, além de preços que surpreendem aos interessados, sem falar da vista deslumbrante de sua varanda. A verdade é que NENHUMA DAS CONTRATANTES deixou de ser atendida durante todo esse tempo ou foi prejudicada por descumprimento contratual.

    A empresa se mantém aberta ao diálogo, como forma de pôr fim à discórdia. A reclamante foi ouvida e respeitada, sem que desse qualquer oportunidade para uma justa solução.

    Embora compreensível o desejo de desistir, a forma buscada não foi correta. O SANTÉ permanece à disposição da reclamante para ajustar solução à sua pretensão e pôr fim à controvérsia. O SANTÉ agradece ao site a oportunidade de poder apresentar a verdade, através de resposta à reclamação inconsistente.

    ResponderExcluir
  5. Felizmente, há espaço para a defesa, neste site. Se o motivo da contratante para desfazer o contrato fosse a preocupação que mencionou, seria compreensível, mas não a solução pretendida. Nenhum contratante ficou descontente ou deixou de ser atendido. A reclamante contratou o espaço SANTÉ com locação para a data escolhida e os serviços de gastronomia que poderão ser cumpridos com naturalidade, uma vez que, ainda, não decorreu o prazo contratual.

    A VERDADE: A contratada quis, simplesmente, desfazer o negócio. Foi-lhe dito que, para a devolução integral do valor pago, necessária a locação da data para outro interessado. Depois disso, a reclamante, viu anúncio de venda do SANTÉ e da ação noticiada o que foi suficiente para mudar a justificativa anterior “preocupação quando à realização do evento”. O pior: pediu que um amigo se mostrasse interessado na data que havia sido contratada, à qual pretendia desistir. Sabendo-se do interesse na desistência, foi confirmada a disponibilidade para o falso pedido, certo de que poderiam atender ao desejo da reclamante. Na visita ao imóvel, estavam presentes a reclamante, seu amigo e outras pessoas para montar situação de constrangimento, sem necessidade. De imediato foi informado, ao falso pedido, que a data permanecia ocupada. Assim, se reclamante cumprir as demais etapas, terá o evento, conforme ajuste contratual.

    Cumpre esclarecer os fatos que a reclamante relatou. O SANTÉ tinha três sócios. A responsabilidade pela gastronomia sempre foi do Chef Castiglia com reconhecimento expressivo quanto à qualidade de seu trabalho em várias reportagens, inclusive, na VEJA RIO. Cumpria aos demais, o marketing e a administração. Dois problemas surgiram para a empresa no ano passado: PRIMEIRO PROBLEMA: Incêndio no imóvel do andar superior com queima parcial do teto do SANTÉ obrigando-o a fechar por oito (8) meses, sem qualquer receita. Necessitando aporte de capital, houve desinteresse dos sócios de permanecer no negócio. Sem a aprovação do Chef Castiglia foi anunciado o SANTÉ, à venda, para definir o valor de mercado. A situação se resolveu ficando o Chef Castiglia sozinho no negócio. SEGUNDO PROBLEMA: Vazamentos internos de água, nas paredes e problemas com teto da varanda e no piso. O imóvel é lindo, mas antigo, sendo de responsabilidade do proprietário a solução. A falta de reparo criava dificuldade para seu perfeito funcionamento. Isto justificou a cessação parcial dos pagamentos do aluguel, sem risco de cessação das atividades com solução pela via jurídica, o que justificou a ação noticiada. Agora, as obras estão em curso, como solução para o impasse.
    O SANTÉ está terminando sua reforma e, em poucos dias, estará apto a atender seus clientes para casamentos, festas e outras reuniões no local mais aprazível de Santa Teresa, com excelente gastronomia e atendimento diferenciado, além de preços que surpreendem aos interessados, sem falar da vista deslumbrante de sua varanda. A verdade é que NENHUMA DAS CONTRATANTES deixou de ser atendida durante todo esse tempo ou foi prejudicada por descumprimento contratual.

    A empresa se mantém aberta ao diálogo, como forma de pôr fim à discórdia. A reclamante foi ouvida e respeitada, sem que desse qualquer oportunidade para uma justa solução.

    Embora compreensível o desejo de desistir, a forma buscada não foi correta. O SANTÉ permanece à disposição da reclamante para ajustar solução à sua pretensão e pôr fim à controvérsia. O SANTÉ agradece ao site a oportunidade de poder apresentar a verdade, através de resposta à reclamação inconsistente.

    ResponderExcluir

Booking.com
Pin It button on image hover