sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

O que comer na Emilia Romagna – Itália - Introdução às comidas típicas.

Escrito por Dani Bispo

É impossível falar da comida Italiana sem falar na região da Emilia Romagna que é o berço desta cozinha.

Também é impossível falar na cozinha da Emilia Romagna sem contar um pouquinho da história e da economia dessa região.

Fonte:

A Emilia Romagna é uma região da Itália norte-oriental com capital em Bologna.

IMG_3454

A região foi composta pela união de duas regiões históricas, Emilia e Romagna. Esta divisão influencia diretamente a sua cozinha.

A Emilia era formada pelas províncias de Piacenza, Parma, Reggio Emilia, Modena, Ferrara e boa parte da capital Bologna.
 
A Romagna era formada pelas províncias de Ravenna, Rimini, Forli-Cesena e a parte oriental de Bologna.

Reserve AQUI seu hotel na Emilia Romagna

Na  Emilia-Romagna a economia é muito desenvolvida em relação ao resto do país. Existem numerosas pequenas empresas de condução familiar. Além disso são muito difundidas as cooperativas sobretudo nas províncias de Reggio Emilia e Modena.

Bologna e Modena são a terceira e a quarta cidades mais ricas da Itália, atrás só de Milão e Biella.

São muitos produtos DOP e IGP cultivados na região e é muito difundida também a criação bovina e suína na região.

image

Para quem não sabe, essas siglas são certificados de qualidade e origem do produto que já expliquei neste post AQUI.

O Ministério das Políticas Agrícolas e Alimentares reconheceu cerca de 184 produtos típicos na região como tradicionais.

Saiba tudo sobre Bolonha no blog “a Bolonhesa

Na região também estão instaladas diversas industrias alimentares como Barilla e Parmalat por exemplo.

image

image

 

A gastronomia da região é muito rica. Ali se produz alguns dos mais famosos produtos gastronômicos italianos do mundo como por exemplo: Presunto de Parma, Queijo Parmegiano Reggiano, Aceto Balsâmico de Modena.

Curta nossa fanpage no facebook

Além disso a região é zona de colheita de trufas brancas e negras, zona de produção de fungo porcino e, na planície padana e zona de Romagna, há um grande desenvolvimento no cultivo de diversos tipos de cerais,  frutas, legumes e uvas.

Produtos Típicos:

PRODTIP

É notório que a região é famosa por seus produtos embutidos que são de dar água na boca.

Mas não é só isso. Lá também são produzidos ótimos queijos, fungos. vinagres e azeites.

É uma região completa. Não é a toa que as escolas de gastronomias mais renomadas do mundo estão instaladas na região.

Slide6

Pratos típicos da Emilia Romagna

A cozinha desta região pode ser dividia em duas: A cozinha Emiliana e a cozinha Romagnola;

A cozinha Emiliana é uma cozinha gorda, saborosa e condimentada.

Não é a toa que sua capital, Bologna possui o apelido de “La grassa” ou, no melhor e bom português, “a gorda”. Sua estrela são indiscutivelmente as massas geralmente com molhos densos.

É dali que vem muitos dos pratos conhecidos como “italianos” e famosos por todo mundo, quer ver?

P5021026

+ Lasagna al ragù bolognese – Este prato dispensa apresentações. Lasanha com molho ragù (carne moída) e molho bechamel (à base de manteiga, farinha e leite). Mais típico impossível.

IMG_3501

+ Tagliatelli alla bolognese – Molho à bolonhesa servido com massa tipo tagliatelle. Nunca com massa tipo spaghetti.

Pesaro_Urbino_Passatelli_2

fonte: http://www.globeholidays.net/Europe/Italy/EmiliaRomagna/Bologna/Bologna_Passatelli5.htm

+ Passatelli in brodo (ou pastaragia) – Passatelli é uma massa feita de farinha de rosca, ovos, queijo parmesão e noz moscada servidos com um caldo (brodo) de legumes ou carne.

Zuppa Imperiale

fonte: http://www.bolognacookingschool.com/Dishes_and_Specialities/Zuppa%20%20Imperiale.php

+ Zuppa imperiale – Estes pequenos quadrados de farinha, Parmigiano Reggiano, manteiga, ovos, noz-moscada e são uma especialidade de Bolonha, e são excelentes quando servido em um caldo de carne ou  caldo de galinha.

IMG_3502

+ Tortellacci – Tipo de massa quadradinha e recheada. Lembra muito os que aqui erroneamente chamamos de ravióli porém em tamanho maior. Na Itália os ravióli tem forma meia lua, como um risoli por exemplo.

P7161637

+ Polpettone – Ou almondegas para os íntimos. Pode ser servido de diversas formas.

Little Cabbage Suitcases

fonte: http://eatgoodcarbs.com/low-gi-recipe-valigini-little-suitcases/

+ Valigini – Valigini significa “mala pequena”. Este prato leva este nome pois a folha do repolho envolve o recheio de carne temperada com noz moscada.

Zampone pure e lenticchie

fonte: http://www.bolognacookingschool.com/Dishes_and_Specialities/Zampone.php

+ Zampone – Zampone é um recheado de porco. O pé e a canela são desossados e rechados com carne de porco temperada. Muito consumido no Ano Novo com lentilhas

A cozinha Romagnola é uma cozinha mais simples, rude sendo até, algumas vezes classificada como ”caipira”.

Conta com um número modesto de pratos e valoriza a cultura da salada.

P8251196

Por estar em uma zona costeira usa e abusa dos peixes e crustáceos principalmente nos molhos que acompanham as massas.

Abaixo vai uma descrição de alguns pratos típicos:

IMG_3367
+ Cappelletti in brodo – Massa Capeletti recheada com carne ou queijo e servidos com um caldo (brodo) de legumes ou carne. Muito comum no inverno e, principalmente, é um prato natalino.

img_garganelliPf
+ Garganelli – Tipo de pasta típica da região.

IMG_5227
+ Gnocchi – Dispensa apresentações. Neste caso aí em cima, servido com fungos.

img_strozzapreti

+ Strozzapreti – Tipo de pasta típico da região.

IMG_5197

+ Cotechino – É um tipo de salsicha consumida cozida. Deve o seu nome à casca, pele de porco, e tem os nomes locais, dependendo da área em que é produzido. A tradição conta que o prato é comido no primeiro dia do ano (ou a último), acompanhado de lentilhas.

crostatafonte: http://www.cookingintoscana.it

+  Crostata – Uma torta feita de massa folheada e recheio de geleia de frutas.

IMG_3507
+ Zuppa inglese – Um doce feito com camadas de biscoito savoiardi ou champanhe, intercalados com creme pasticcera (aquele creme amarelinho que recheia os nossos sonhos) ou creme mascarpone, chocolate amargo e licor alchermes (um licor a base de canela, cravo e cardomo). Simplesmente uma delícia. Compete com o Tiramisù por um lugar no meu coração.

Casatella romagnola

fonte: http://www.ars-alimentaria.it/

+ Casatella romagnola - Queijo da massa macia e oleosa, casatella é feito a partir do leite de vaca pasteurizado. São adicionados ácido lático e coalho. Excelente com figos caramelizados, mas tradicionalmente consumida com a piadina, salame e rúcula.

squacqueronefonte: http://www.mangiotipico.it/2011/prodotti-tipici/squacquerone-di-romagna-d-o-p/

+  Squacquerone – Um queijo romagnolo fresco, macio e ótimo para comer com a piadina.

IMG_0835

+  Piada riminese - Rimini é a terra a piadina. Piadina são discos semelhantes aos pães sírios e wraps, herança que os Árabes deixaram por lá. Na Itália eles comem com os mais variados recheios. Eu adoro com presunto de Parma e rúcula. O marido adora com stracchino (um tipo de queijo parecido com cottage da Lombardia) e rúcula. A Piadina é ideal para um lanche principalmente no verão.

Espero que tenham gostado! Bom apetite e até o próximo post.

6 comentários:

  1. Adoro "Cappelletti" assim servido com caldo! Sempre que comentava com algum brasileiro, eles diziam que nunca tinham visto na Italia e que deveria ser uma adaptação brasileira (pois é sempre servido em restaurantes italianos do sul do Brasil).

    ResponderExcluir
  2. agronomosdasera@gmail.com30 de março de 2013 13:07

    VAIJAREMOS EM JUNHO COM UM GRUPO DE 26 AGRONOMOS PARA CONHECER A FRUTICULTURA DO NORTE DA ITALIA. GOSTARIA DA INDICAÇÃO DE ALGUMAS VINICOLAS NESTA REGIÃO BEM CONHECIDAS QUE PRODUZAM BONS VINHOS OU BONS ACETOS BALSAMICOS???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondendo sua pergunta, deixo o link de um excelente blog que dá dicas de vinícolas na regisão Norte da Itália
      http://www.milaonasmaos.it/passeio-em-franciacorta-com-visita-a-vinicola-e-degustacao-de-espumantes/
      Espero ter ajudado a tempo
      Dani Bispo

      Excluir
  3. O post é antigo, mas me ajudou demais! Parabéns pelo blog, vamos p Itália mês q vem e é muito difícil encontrar alguém q descreva essa região da Emilia-Romagna tão bem como vc o fez. Parabéns novamente e obrigada pelas dicas!! Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lisyane que bom que o post te ajudou. Olha nós temos um outro blog onde falamos exclusivamente de Bolonha e Emilia Romanha, se puder dá uma passadinha lá para conhecer! Temos inclusive esse post atualizado www.abolonhesa.com
      bjs
      Dani Bispo

      Excluir

Booking.com
Pin It button on image hover