sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Osteria del Porcellino – Florença – Itália

Os restaurantes turísticos definitivamente não são o foco deste blog, no entanto sejamos justos, às vezes com sorte encontramos alguma coisa que valha a pena.

Na nossa primeira ida a Florença em 2010 comemos uma ribollita em um restaurante turístico que até hoje nos traz boas recordações.

Desta vez pegamos dicas de bons restaurantes com alguns moradores da cidade.

Algumas com a Bárbara Bueno do site Brasil na Itália e outras com a senhora que nos atendeu no Centro de informações turísticas. Tudo para que fosse a refeição de nossas vidas.

Mas na hora do almoço a coisa não saiu como esperávamos.

Acabamos atravessando o Rio Arno e indo visitar o Palácio Pitti do outro lado da cidade e, quando a fome bateu, bateu forte.

Tentamos ir em um dos restaurantes da nossa lista, certamente o mais próximo, mas como era férias de Natal ele estava fechado.

Desesperadamente, parecendo duas baratas tontas, atravessamos o Rio Arno em busca de outro restaurante da nossa lista mas como não conhecemos tão bem a cidade nos perdemos, nos achamos, nos perdemos de novo e fomos parar no tal restaurante turístico da Ribollita da outra vez.

PC273778

Apesar deste restaurante ter sido uma experiência boa queríamos experiências novas e, assim sem nenhum critério, acabamos entrando no restaurante ao lado chamado Osteria del Porcellino

O ambiente era simples e a atmosfera agradável e nos agradou.

PC273758

A fome, que já havia passado de negra para azul marinho, ainda nos acompanhava.

Desta vez pedi um antepasto urgente ou desmaiaria no meio do salão.

Brie fritto al sesamo tartufato (€8,00) - pedaços quadrados de queijo brie empanados com gergelim e fritos. Mande seu cardiologista viajar e caia dentro pois estava divino.

PC273761

Como a fome era grande uma entrada só não bastava. Pedimos a deliciosa Ribollita alla frantoiana (€7,00) que foi (quase) disputada a tapa.

PC273766

[Para quem não sabe Ribollita é uma sopa típica Toscana que tem em seus ingredientes principais feijão, repolho, outros vegetais e pão. Essa sopa era feita pelos camponeses que tinham o habito de cozinhar em grandes quantidades e, quando haviam sobras de legumes, eles as guardavam, acrescentavam pão e requentavam cada vez que queriam comer. O nome Ribolita quer dizer requentada].

PC273775

Para beber e passar o tempo enquanto as massas não chegavam pedi Rosatello – Ruffino – Toscana. O dia quente (18ºC) pedia un vinho mais leve.

Como eu já havia falado no post de Arezzo, o forte da cozinha Toscana são as carnes. Queríamos saboreá-las “in loco” e desta vez achei que seria interessante uma massa com molho de carne.

PC273769

Foi aí que pedi Pappardelle al sugo di cinghiale (€10,00) - massa tipo pappardelle ao molho de carne de javali.

Esta é uma carne que gosto bastante e ao chegar à mesa adorei a combinação. Como o gosto da carne é um pouco mais forte que a carne de boi fez um casamento perfeito com a massa.

PC273777

O marido foi de Picci sull’anatra (€10,00) – Massa típica da região tipo picci com molho de carne de pato. Na verdade a sugestão foi minha já que também gosto bastante dessa carne. Sendo assim caso eu não gostasse do prato com javali poderia trocar com ele. Felizmente não precisamos trocar pois ambos gostaram dos seus pratos.

Pedimos a conta e…

Você vai perguntar: “E a sobremesa Dani?”

A sobremesa é o título do outro post.

Vocês vão morrer.

Tá curioso (a)? É só acompanhar.

[Agradecimentos à Bárbara Bueno que mesmo viajando nos deu várias dicas de restaurantes em Florença com a maior boa vontade]

Osteria del Porcellino

Via Val di Lamona, 7  50123 Firenze, Itália
tel.: +39 055 264148

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com
Pin It button on image hover