quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Madrid e Tapas no Mercado San Miguel

Por Marco Baldacci (o marido)

Desta vez para chegar em Milão saindo do Rio de Janeiro fiz um escala em Madrid. Foram  6 horas de espera entre os voos.

É sempre um prazer fazer um passeio no centro desta esplendida cidade e é ainda melhor quando se cumpre uma deliciosa missão.

A Dani havia resumido tudo em uma frase: Se você quer experimentar Tapas e Bocadilos saborosos vá ao Mercado San Miguel, o mais famoso de Madrid. E assim eu fui.

DSC089481_thumb3[4]

Do aeroporto Barajas peguei a linha metropolitana 8 até a estação Nuevos Misterios, depois a linha 10 até a estação Alonso Martines e enfim a linha 5 até a estação Opera.

Aconselho você adquirir o bilhete turístico válido por 1 dia que custa 8,40 euros (contra os 5 euros de um ticket que vale apenas 1 hora).

Desça no metro na Estação Opera, atravesse a rua e pegue a saída da Calle Escalinata e chegue até a Calle Major, a 50 metros do Mercado São Miguel. Tudo o percurso leva mais ou menos de 1 hora.

Se você entrar pela porta da direita será recebido por uma pastelaria de sonho, mas você precisa resistir por dois motivos: primeiro de tudo porque precisa fazer um passeio e descobrir todo o mercado e segundo porque você vai voltar por ali no fim do passeio.

O primeiro Stand é dedicado às frutas secas.

DSC088061_thumb3

Eu parei no segundo, aquele das azeitonas rellenas. Para quem não sabe Espanha é o líder mundial na produção de azeite  de oliva e de azeitonas de mesa.

No stand C tinham diversos tipos de azeitonas com uma infinita variedade de recheios: queijos, salame, anchovas, atum, salmão, ovo, alcaparras, pimentão e cebolinha. O custo era a partir de 1 euro.

Como aperitivo a azeitona foi perfeito.  Escolhi 4 mini banderillas de jammon (presunto), queijo, anchova, me sentei em uma das mesas ao centro do mercado e dei inicio a festa.

Banderrillas são as porções de comidas unidas por um palito semelhantes às bandeiras que os toureiros usam nas corridas com os touros.

madrid1_thumb3[4]

Depois de 10 minutos me deliciando retornei a exploração do mercado.

Para quem ama queijos comunico que na Espanha se encontram mais de 100 variedades. Frescos como os Burgos, cremosos como a Torta del Casar, queijos azuis como o Cabrales, stagionato como o Manchego e defumado como o Palermo.

Um dos motivos que determinam tantas variedades de sabores é a rica produção de leite de vaca, cabra e ovelhas ligada a variedade dos climas, paisagens e pastagens.

A queijaria do Mercado San Miguel oferecia uma porção de 10 Tapas de Queijo por 12 euros.

DSC088111_thumb3

Enquanto continuava meu passeio, um stand chamou minha atenção. Se tratava da Cerveceria MM na realidade um restaurante que serve não somente tapas mas também pratos quentes.

madrid210_thumb3

Escolhi 3 tapas, uma com salada russa e salmão, uma com jammon e verduras e uma terceira que era a maravilha das maravilhas. Uma concha cheia de bacalhau e bechamel gratinados. Não consigo descrever a delicadeza.

 madrid3_thumb3

madrid4_thumb3 

Ainda me lembro da variedade de sabores e textura suave e cremosa de cada um deles, e da doce sensação de bem-estar que me acompanhou durante toda a degustação, e devo dizer que esta era a condição natural de todas as pessoas sortudas que estavam no Mercado de San Miguel. Vocês mesmos podem avaliar.

madrid55_thumb3

Hora do bacalhau: Eles chegam na Espanha de Vigo e de La Coruña na Galícia, ou de Pasajes nel País Vasco. São preparados de diversas maneiras entre eles à “la vizcaína”, na “salsa verde” ou ao “pil pil”.

madrid6_thumb4

Experimentei algumas as tapas preparadas em uma esquina do mercado San Miguel.

Eram simplíssimas. Uma torrada com um bacalhau super macio e saboroso. Desapareceram em um segundo.

madrid8_thumb6

Quando falamos de frutos do mar, devemos recordar que o mercado é famoso também por suas ostras e pelos peixes do Oceano Atlantico e Mar Mediterrâneo. Todos servidos fresquíssimos.

madrid9_thumb1

Durante a minha exploração encontrei tapas a base de queijos, pastas, vegetais, carnes e peixes.

A minha sugestão é fazer várias visitas visto que em só um dia não se consegue experimentar tudo, ao menos que você seja um profissional da comilança.

madrid10_thumb1

O tour pode durar várias horas até porque os stands são muitos e variados. Muitas pessoas os visitam somente para descobrir todas as novidades e combinações presentes em cada esquina..

Em cada época do ano existem tapas diferentes preparadas com produtos sazonais pelos quais valem a pena retornar em diferentes meses.

madrid11_thumb1

Naturalmente não faltam as frutas e um stand dedicado ao famosíssimo Jamon Pata Negra. Dizem que na hora do rush pode-se esperar até uma  hora para saborear uma fatia do rei dos presuntos ibéricos.

madrid16_thumb1

Depois de ter caminhado tanto minha fome estava voltando então decidi refazer meus passos. Vocês se recordam que no começo havia falado de uma maravilhosa padaria? Bom agora a descreverei nos mínimos detalhes.

Para começar vamos dizer que se trata da Horno San Onofre, depois digamos que ali trabalham duas balconistas, Azu e Marlene, que ajudam os clientes sobre que coisa comer em cada ocasião da semana.

madrid12_thumb2

Não tenho palavras para descrever todos os doces que ali se encontram.

Vejam vocês mesmos. Garanto a vocês que todas as pessoas que estavam lá estavam muito contentes. Se via nos olhos que brilhavam a cada mordida.

Merengue, Macarons, Doce de leite, Tartelletes, Tatins, Marzapan, Frutas secas, Chocolates, Milhajo, Quejo com framboesa, Pepitos, Barca Manzana, Ensaimada, Napolitana, Suizo…. que delicia!!!

madrid171_thumb1

 

madrid13_thumb1

No meu caso pedi o doce mais simples e típico de Madrid. Aquele que se come nas casas. O resultado foi maior que a expectativa. Embora fosse doce demais para o meu gosto, conhecendo o paladar brasileiro, tenho certeza que cada um de vocês será inundado de uma sensação de felicidade plena.

madrid14_thumb1

Poderia permanecer ali para sempre mas queria dar uma olhada na Praça Maggiore de Madrid e assim cumprimentei minhas conselheiras e fui à cafeteria na esquina para tomar um expresso amarguíssimo e assim compensar os doces docíssimos.

madrid15_thumb1

Sai do Mercado San Miguel perdendo a noção de tempo com um sorriso feliz que me acompanhou o dia inteiro.

Dei uma olhada nos monumentos que se encontravam nas redondezas e retornei ao aeroporto.

Viva a Espanha e Viva o Mercado São Miguel!!

madrid18_thumb2

Mercado San Miguel Madrid

Plaza de San Miguel, s/n 28005, Madrid

HORARIO
L-M-M-D:
de 10:00 a 24:00 horas
J-V-S:
de 10:00 a 2:00 horas

4 comentários:

  1. Boa noite! Estava pesquisando na net sobre os mercados em Madri e achei seu post, super detalhado. As tapas parecem ótimas e meu marido adorou as azeitonas :D.
    Vou viajar para Madri e aproveitar suas dicas do Mercado de San Miguel.

    abç

    Erika
    Blog Próxima Trip
    www.proximatrip.com.br

    ResponderExcluir
  2. Dani e Marco,
    Amei o post sobre o mercado San Miguel! Adorei cada detalhe! Com certeza já está na minha lista de lugares para visitar em Madri, acho até que no topo da lista! Rsrsr...Parabéns!
    Gissele

    ResponderExcluir
  3. Dani e Marco,
    Amei o post sobre o Mercado San Miguel! Com certeza está no topo da minha lista de lugares para visitar em Madri na nossa próxima viagem!
    Adorei os detalhes e as fotos! Parabéns! Gissele

    ResponderExcluir

Booking.com
Pin It button on image hover