terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Produtos que trouxemos da Itália na bagagem

Escrito por Dani Bispo

Ontem tive a ideia de dividir com vocês alguns produtos que adoramos trazer para o Brasil nas nossas idas à Itália.

Apesar de nunca conseguir trazer tudo que gostaria sempre tem algumas coisinhas que não deixo de trazer, vinho e prosecco é o primeiro item.

P2253113

Sempre trago esse Prosecco Valdo que amooooo e nunca consigo encontrar aqui. Tem um outro que é superiore mais eu prefiro esse mesmo. Pagamos cerca de €6,00 na garrafa.

Trouxemos outros vinhos também. Como continuo não entendendo nada de vinho trago o da uva que gosto. Esse ano fiquei meio tonta na hora de escolher pois como queria vinhos de determinadas uvas e haviam várias marcas, não sabia qual trazer. Pedi ajuda do app Vivino que me ajudou um pouco.

Lembrando a quantidade limite para vinhos é de 12 litros e hoje a receita federal está tratando o vinho como parte da sua sua cota.

P2253104

Aceto Balsâmico de Modena (€10,00) – Esse é um outro item que trouxemos nas ultimas duas viagens. Na verdade até bem pouco tempo atrás não conhecia esse vinagre balsâmico que nada se compara aquele que encontramos nos nossos supermercados. Esse é mais cremoso, adocicado, uma delicia. Dá para comer com queijo, batata, legumes, sorvete de creme, morangos etc. Vale a pena trazer uma garrafa pois até hoje não consegui encontrar aqui para comprar.

P2253105

Crema Pistacchi – Esse acabei de conhecer. Ganhei de uma amiga ontem e evidente que assim que cheguei em casa abri para comer. Olha, sou suspeita. Ela acertou em cheio no presente. Eu sou alucinada por pistache. Esse creme, tem uma textura que lembra a nutella. Dá para passar no pão, biscoitos, rechear bolo, doces e mais o que sua imaginação inventar. Já entrou na minha listinha para a próxima viagem.

zoo__123_2349c35d-c6b2-45f8-80cd-362bbac921ae_125_

Ricciarelli (€5,00) – Esse doce também é outro item que não falta na nossa mala. É um doce feito de amêndoas, ovos, farinha e mel. Além de ser delicioso, é ótimo para dar de presente para os amigos do curso, do trabalho, levar no almoço em família etc. Apesar de ser um doce típico de Siena, na região da Toscana, vende em qualquer supermercado pelo país.

Quer saber o que comer na Toscana? Leia o post
O que comer em Florença e na Toscana - Introdução às Comidas Típicas Italianas

P2253110

Salse Dolci-Piccanti (€6,00) – Esse trio de molhos são sensacionais. Na verdade não são molhos e sim uma espécie de geleia. Nesse trio que comprei vem um potinho sabor frutas do bosque ideal para comer com queijo fresco e mole, torradas com manteiga, carne selvagem, assados, ou cozidos.

Ou outro molho é de Pera, ideal para comer com queijos envelhecidos e picantes como Parmegiano Reggiano e Grana Padano ou também verduras fritas.

O terceiro molho é de amarena (uma fruta parecida com a cereja) combina com carne de porco, carnes brancas em geral, carnes vermelhas combinadas com  queijos frescos e moles.

Os descobri ano passado quando meu sogro nos comprou um kit que vinha um queijo parmegiano reggiano e dois molhos desses. Como fez um sucesso danado aqui em casa e esse ano achei no supermercado e resolvi traze-los.

P2253106

Perle di balsâmico (€6,00) – Gente esse é um item que descobri lá, fuçando as prateleiras do supermercado em um dia de ócio total.

São esferas de azeite balsâmico que podem acompanhar risotos, assados, enroladinhos de carne ou sobremesa.

Só depois de chegar aqui no Brasil fui pesquisar receitas para usa-lo e descobri que o trem é chique pra caramba além de ser um ingrediente da cozinha molecular. Fiquei com medo  será que explode na boca? ahauahauah

Alguém já usou? Me conta com que você comeu? Quem sabe assim não me inspiro.

Assim que eu fizer eu conto tá? Acompanha a gente no Instagram (@comerecocar) que sempre estou postando fotos.

E na sua mala, que comidinhas você não deixa de trazer na viagem, ou já trouxe e se arrependeu?

Conta pra gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com
Pin It button on image hover