terça-feira, 14 de outubro de 2014

Pra Vadiar – Copacabana – Rio de Janeiro

Escrito por Dani Bispo

Minha paixão pela culinária italiana não é mistério pra ninguém.

Mas nesta cidade está difícil achar algum restaurante que tenha uma culinária fiel às tradições do país da bota.

Não falo sobre restaurantes estrelados ou afrescalhados.

Falo da comida da trattoria ou da osteria da esquina. Aquela comida simples fiel às tradições, feita com bons ingredientes e que cobre um preço justo.

Fuçando nas minhas redes sociais eu vi um zum zum zum sobre o botequim italioca Pra Vadiar aberto em maio.

PA110304

Me despertou curiosidade pois apesar da proposta da casa ser petiscos e ter uma vasta carta de cervejas importadas, eles também oferecem pratos de massas e outros pratos bem italianos.

Uma mistura de certa forma curiosa.

O chef Renato Ialenti é Italiano da Úmbria e já comandou diversos restaurantes na Itália e o no Brasil.

Ele toca o seu novo negócio junto com a simpática esposa Marcia que é responsável pelo salão.

A nossa primeira ida ao local foi em um sábado à noite.

Primeira sim meus amigos porque uma só não bastou para conter minha fome de comida boa.

E quais foram nosso pedidos?

IMG_4382

+ Suppli al telefono (R$19,00) – Bolinho de risoto à bolonhesa recheado com muçarela de búfala.

Uma excelente entrada. A porção com 4 croquetes, chegou à mesa quentinho, crocante e com o queijo bemmmmm estica-estica.

IMG_4381

Na sequencia eu sugeri que pedíssemos um Spaghetti alla amatriciana (R$38,00) – O prato é composto de massa, molho de tomate, guanciale (bacon italiano) e queijo pecorino. Estava divinnoooooooo, um dos melhores que já comi!!

A foto feita com o telefone infelizmente não traduz a delicia do prato.

A Márcia veio até a mesa e nos apresentou o menu de trufas que eles possuem.

Como sou louca por trufas esse menu não passaria desapercebido.

IMG_4380

Dos pratos oferecidos pedimos uma crescionda di cioccolato e amaretti con crema ingleses al tartufo nero (R$35,00) – Doce típico Umbro à base de chocolate, biscoito amareto com creme inglês e trufa negra.

Confesso que fiquei um pouco decepcionada. .

Nunca havia comido trufas na sobremesa e achei que o gosto do chocolate se sobrepôs ao gosto das trufas. Mas o doce em si estava maravilhoso.

Mas ainda volto lá para comer um dos pratos deste menu. Acredito que nos pratos salgados o sabor das trufas se sobressaia melhor.

Para beber levamos nosso vinho, um Sangiovese que trouxemos da Itália. Eles cobram R$15,00 a rolha, preço justo ao meu ver.

Porém não se engane, apesar de oferecerem várias cervejas importadas  a carta de vinhos da casa é muito boa.

Eles oferecem o mais tradicional em termo de vinhos italianos além de Chilenos e Argentinos a preços pagáveis a nível de Rio de Janeiro.

Gostamos tanto que uma semana depois lá estávamos nós para o almoço, nossa refeição preferida uma vez que conseguimos comer mais.

Desta vez os pedidos foram:

PA110294

Para mim Bombolotti alla carbonara (R$39,00) – Massa tipo rigatoni (um penne grande e largo) com molho alla carbonara.

Mais uma prato que não decepcionou. Estava al dente como deve ser e o molho (que não me escute os Romanos) levava cebola além do tradicional ovo, guaciale e bastante queijo peconino.

Os outros pedidos na mesa estavam no cardápio executivo da casa então não posso garantir que estejam sempre disponíveis.

Neste cardápio os preços são ainda mais econômicos.

PA110293

Risoto de queijo brie, parmesão e abobrinha (R$25,00)

PA110295

Risoto de salmão e limão siciliano (R$28,00).

Todos os risotos estavam maravilhosos, como acredito que são todos os pratos da casa.

PA110297

Mas a estrela do dia foi o Spaghetti a Bolonhesa (R$28,00).

Gente eu não curto qualquer molho à bolonhesa. Pra falar na verdade até quando vou à Bolonha nem me animo muito, mas o molho do Renato superou todas as minhas expectativas.

O molho de tomate que ele faz na casa é tudo-de-mais-maravilhoso-desse-mundo então qualquer prato que levar esse molho vermelho você vai comer de joelhos.

Por um erro, porção chegou à mesa um pouco menor mas o chef fez questão de fazer mais um pouco e acrescentar ao prato.

Sorte nossa que ainda tiramos uma casquinha.

E para fechar toda essa comilança o “gran finale”, a sobremesa.

PA110306

Depois de todas indecisões possíveis pedimos um Tiramissù (R$16,00).

A escolha foi difícil uma vez que ando bem enjoada desse doce. Resolvi arriscar mas tive o cuidado de dividi-la com o marido. Caso não gostasse ele comeria toda sozinho.

Não foi o caso obviamente pois a sobremesa estava maravilhosaaaaaaaaaa!!!

Fresquinha e bem molhadinha agradou a todo mundo.

Saímos de lá com a certeza que o Pra Vadiar foi a melhor descoberta que fizemos nos últimos meses.

Não aguentamos mais pagar caro para comer em restaurantes hipócritas onde nem sempre se preza pela qualidade do produto oferecido.

O Pra Vadiar é o tipo lugar onde se vai quando não se quer pensar muito no que escolher mais se quer comer bem e pagar um preço honesto.

Convido a todos a conhecer pois lugares assim nesta cidade merecem nossa total atenção.

O ambiente é de boteco mas a comida é de trattoria ou até quem sabe, da mamma!

Pra Vadiar – Botequim Italioca
Endereço: Av. Nossa Senhora de Copacabana 1241 – Loja D – Copacabana – Posto 6
Telefone: (21) 2287-4226
Horário de funcionamento:
Terça a Domingo de 9 horas a 1 da manhã.

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Booking.com
Pin It button on image hover